10.7.05

GRANDE APREENSÃO NA E.N.252

A Inspecção das Actividades Não-Caramelas (controlada pela FLC) apreendeu, à saída do Montijo já a caminho do Pinhal Novo, 17 toneladas de frangos transgénicos da china. Calcula-se que sejam «excedentes do FreePort ou do Fórum», disse uma montijence gorda com a boca cheia de salsichas.
Estes frangos de 100g apresentavam 4 patas, um rabo comprido e em vez do bico (muito normal nos frangos), evidenciavam dois pares de dentes incisivos muito suspeitos. Considerando a Nação Caramela os seres transgénicos indigestos e sagrados, o camião foi incinerado nos aceiros do Terrim e tapado com estrume de barrasco mirandês.

15 comments:

p. jazz ao domingo said...

Hoje não basta estarem constantemente a surgir novas "terapias"
(o que pode significar que estamos cada vez mais doentes...): querem também
"terapizar-nos" na alimentação, como aos frangos transgénicos. Arroz com vitamina disto
e daquilo; tomates com proteína assim e assado, etc. O supermercado como
Hospital? Sem receita médica ou manual de instruções? Sem bula informativa?
Poupem-nos!

d. diamantino said...

Não podemos, mesmo em tempo de riscos tidos por maiores, ignorar certas intrusões no nosso corpo e na nossa vida. Intrusões que não pediram e que não quisemos para nós ou para os nossos filhos Caramelos. A começar pela alimentação. Como é que ela é feita, ou "produzida", hoje em dia?
Dantes, as mulheres criavam no quintal as suas galinhas e os seus perus; tinham umas couvitas e umas batatas da horta; trocavam-nas por feijão com as vizinhas ou no mercado. Ou seja: na verdade possuíam algum *controle* sobre o que davam de comer aos seus filhos Caramelos. Hoje em dia é o que se vê.
Emancipámo-nos intelectualmente (?) mas entregamos o nosso corpo às ciências agrárias e às autoridades americano. Resta-nos somente rezar e entregar a alma ao Criador de boa agricultura... ou ao diabo Americano.

Anonymous said...

ASSINEMOS POIS UMA MOÇÃO CONTRA A LIBERTAÇÃO DE TRANSGÈNICOS NA NATUREZA CARAMELA.
Queremos a paz com a natureza, porque a paz É natureza.

Anonymous said...

Que foi feito do nosso túnel?

carlos s said...

Agora até disso falam...

caramela joana said...

Deveriam falar da nova escultura na rotunda por detrás da biblioteca, é ai que podiam ter colocado o túnel, era como uma porta da Caramelandia.

catavento said...

PROGRAMA
De 11 a 14
MASTERCLASSE
Mario Marzi - Professor do Conservatório “Giuseppe Verdi”, Milão
Dia 12 e 13
MASTERCLASSE/WORKSHOP - O saxofone no barroco
Henk Van Twillert - Professor da Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo do Porto e Sweelinck Conservatorium van Amsterdam
Dia 15 e 16
1º CONCURSO INTERNACIONAL DE SAXONE “Vitor Santos”
Categoria Infantil
Categoria Juvenil
Categoria Júnior
CONCERTOS
Dia 11
18h30 - Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela
Francisco Andrade
21h30 - Salão da Sociedade Filarmónica Humanitária
Concerto de abertura do FISP
Quarteto Saxofínia
Quad Quartet
Orquestra Portuguesa de Saxofones
Dia 12
18h30 - Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela
Quarteto de Saxofones Irmãos Dalton
21h30 - Salão da Sociedade Filarmónica Humanitária
SaxCamaleão
Quarteto InvictaSax
Quarteto Artemsax
Dia 13
18h30 - Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela
Elmano Coelho
21h30 - Igreja de São João, Palmela
Henk Van Twillert
Dia 14
18h30 - Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela
Nuno Martins
21h30 - Salão da Sociedade Filarmónica Humanitária
Duo Abraxas - Quarteto Unisax
Dia 15
21h30 - Salão da Sociedade Filarmónica Humanitária
Quarteto de Saxofones do Porto
Mario Marzi e Simone Zanchini -saxofone e acordeão
Dia 16
21h30 - Salão da Sociedade Filarmónica Humanitária
Concerto dos Laureados
Concerto de encerramento do FISP
João Pedro Silva e Pedro Santos -saxofone e acordeão
Ensemble de Saxofones do Conservatório de Palmela com Pedro Santos
Quinteto Lusotango

INFORMAÇÕES PELO 212 350 235.
ORG.: CONSERVATORIO REGIONAL DE PALMELA COM APOIO DA CAMARA MUNICIPAL DE PALMELA

Viva os Caramelos. said...

Há conhecimentos que a Câmara de Palmela, não convidaram nenhum grupo nem gente Caramela para nos afigurarem no Fiar, podiam ter desafiado os da PIA (foi uma boa representação que nos actuaram no FIG). Mas sabemos, escolheram dar todo o dinheiro o Bando (que é um bom grupo de teatro, mas não são os só, com as condiçoes que lhe da a Câmara é mais fácil de fazer bons eventos). Durante o Fiar ficamos todos na Caramelandia, Airbag, Tasca do Chico, Costa Bar, a relva em frente a Biblioteca…. se solicitamos o ATA, os Barduada, pedimos aqueles malucos dos Inteiros que antes faziam as quintas no Pia, os Ervas Daninhas, as bandas Stinky Diver, The Climbing, espinalMedula, poetas populares, as Marchas, o rancho, aquele senhore que faz poesia na brincadeira, o senhor Rafael, …. E a malta do Costa, entre todos fazemos a festa na nossa terra, acabamos no Chico a cantar cantos alentejanos Caramelos, o José Valério Eloy a cantar romanticamente, até pode vir O Álvaro Amaro e a sua banda de revolucionários de Abril, Eloy a cantar romanticamente e tantos outros. O Flávio pode fazer as fotografias que podemos todos ver em frente de um pequeno-almoço na Biju. Viva os Caramelos, viva a Cultura Caramela, viva a juventude e a alma de pirralha.
Vão todos a pagina da Câmara de Palmela, http://193.126.111.26:8088/Mambo/, e votem para o FIG assim que para as Noites de verão que são evento ligados a Capital Caramela. Viva os Caramelos.
João Ratão.

miguel Caramelo 21 said...

João já lá fomos, eu o Miguel e todos os da minha lista votamos para o FIG assim que para as Noites de verão já x por cinco a percentagem.

pedro m said...

Vamos ganhar.

João Ratão said...

È isso mesmo está-mos mesmo em frente. Com o FIG, e as noites de verão. Continuem caramelos, para eles verem que podemos nos unir e fazer ganhar as eleições o nosso grupo. Que não imaginem que só estamos aqui para chorar, também podemos rir.
http://193.126.111.26:8088/Mambo/

choubi said...

É pá o Fig esta mesmo a subir a Grande.

Anonymous said...

Estou bastante admirado, intrigado mesmo.
Tanto tempo passado desde que o blog começou a ser publicado e ainda ninguém ter reclamado contra a plantação indiscriminada de palmeiras que estão a fazer na capital da caramelândia, começaram na vila serena e agora no francisquinho é fartar vilanagem, um regabofe.
Sugiro que durante a realização do FIAR,todos os dias à noite depois das 22h30, fossemos até ao Francisquinho mijar em todas as palmeiras.
Todos os caramelos e não só (os que estão em fase de caramelização) estão convidados para o evento.
O encontro do pessoal será nos locais do costume, Costa Bar, Airbag e Tasca do Chico, donde sairão de forma ordeira, para não levantar suspeitas, até à rotunda da Cascalheira, onde receberão indicações de qual a zona que ficará sob a sua responsabilidade.
Quando as palmeiras secarem organizaremos uma grande jornada para a plantação de pinheiros, oliveiras e loureiros (aceitam-se outras sugestões), onde não faltarão os meios bidons, bem como a respectiva intarmiada e o coirato.
Isto sim, é que é defender a cultura caramela.

FLC said...

Muito bem, nós concordamos e estamos dacordo.

todos os caramelos said...

A morte é a única coisa certa em nossas vidas. Até a velhice é duvidosa, pois podemos morrer antes de atingi-la.
Depois que nascemos, não fazemos outra coisa se não caminharmos para morte.